A lista de Schindler

imgres3 5 estrelas

Com quase 20 anos exatos de seu lançamento o filme americano A Lista de Schindeler, um clássico baseado na obra de mesmo nome de Thomas Keneally, poder ser considerado uma das melhores obras dos anos 90. É uma narrativa sobre Oskar Schindler, um empresário alemão que com sua genialidade em relações pessoais e com a ajuda do judeu Stern conseguiu salvar a vida de mais de mil judeus durante o Holocausto ao empregá-los em sua fábrica de panelas esmaltadas que então viraria fabricada de armas bélicas que nunca dispararão sequer uma bala. Nessa obra prima de Steven Spilberg, Schindler é representado por Liam Neeson que incorpora de forma brilhante o alemão nazista, mulherengo, oportunista e carismático. Já o talentoso Ben Kingsley desempenha o papel do braço direto de Oskar, o contador de suas fabricas durante a guerra, um serio e inteligente judeu chamado Itzhak Stern.
É difícil falar de um trabalho tão perfeito, então vou tentar colocar em palavras o que senti. Um filme com mais de 3horas de duração e só consegui levantar do sofá para uma breve pausa extremamente necessária. Spilberg me fez sentir ódio, raiva, admiração e uma tristeza profunda ao longo desses 195 mim, diferente de simplesmente saber que o holocautro aconteceu, como um evento na historia, assistir a lista de Schindler te leva a realidade vivida pelos judeus a mercê dos nazitas. Um longa metragem em preto e branco que me tirou o folego, me fez chorar, mas acima de tudo me fez acreditar que basta uma pessoa para fazer a diferença, para o bem ou para o mal.

Data de lançamento: 30 de novembro de 1993 (Washington, D.C.)
Direção: Steven Spielberg
Duração: 195,5 minutos
Canção original: Por una cabeza
Música composta por: John Williams
Vencedor do Oscar de 1994:
Melhor Filme (Steven Spielberg), (Gerald R. Molen) e (Branko Lustig)
Melhor Diretor (Steven Spielberg)
Melhor Roteiro Adaptado (Steven Zaillian)
Melhor Fotografia (Janusz Kamiński)
Melhor Direção de Arte (Ewa Braun) e (Allan Starski)
Melhor Edição (Michael Kahn)
Melhor Trilha Sonora Original (John Williams)
imgres

Sinopse
“A inusitada história de Oskar Schindler (Liam Neeson), um sujeito oportunista, sedutor, “armador”, simpático, comerciante no mercado negro, mas, acima de tudo, um homem que se relacionava muito bem com o regime nazista, tanto que era membro do próprio Partido Nazista (o que não o impediu de ser preso algumas vezes, mas sempre o libertavam rapidamente, em razão dos seus contatos). No entanto, apesar dos seus defeitos, ele amava o ser humano e assim fez o impossível, a ponto de perder a sua fortuna mas conseguir salvar mais de mil judeus dos campos de concentração.”
Continuar lendo